sexta-feira, 28 de novembro de 2014

You and me - Forever - love witches

Ai por que a perrie fica fazendo suspense? Oh ódio dessa maldita ornitorrinca
-- fala perrie, sabe que pode falar qualquer coisa pra mim – falei pra ela, e ela assentiu e pelo que pareceu ela relaxou um pouco
-- ah aria, foi perfeito ele é perfeito, foi tudo maravilhoso – ela falou sorrindo feito uma boba apaixonada, ah pera ela é isso – ele foi tão carinhoso – ainda bem ou eu tinha arrancado as bolas dele.
-- huuum então rolou sexo selvagem rsrssrs – ela corou, argh até a perrie saiu da seca – ah perrie você sabe quando vão terminar de concertar a casa da sonserina? Eu quero as vadias fora do meu quarto
-- mais você sabe que se elas saírem você não dorme mais com o Harry
 -- arhg eu não tinha pensado nisso
-- por falar em Harry, como foi ontem a noite – ela perguntou fazendo uma cara maliciosa, oh vaca só por que você teve uma noite incrível, não precisa jogar na cara que eu não tive uma
-- ah, perrie não aconteceu nada de mais – ela fez uma cara de quem não acreditava – bom nada de mais, a não ser ele falar que queria que as coisas comigo fossem diferentes, e agente só dormiu mais ele disse que eu faço ele feliz – tudo bem agora eu é que estava com cara de boba apaixonada, mais eu não estou apaixonada, pelo menos ainda não
-- uau meu Merlin, tem certeza que é o Harry? – ela perguntou e eu assenti – então minha amiga, agarra ele e não solte mais entendeu?
-- é isso oque eu pretendo fazer – eu disse e rimos, ai voltamos para perto dos meninos, e ela sentou ao lado do zayn e eu ao lado do Harry, o zayn colocou o braço nos ombros da perrie e beijou o a testa dela, owt que fofo, o Harry também colocou o braço nos meus ombros mais não beijou minha testa mais beijou meus lábios, sabe às vezes eu não entendo o jeito que falam dele, tipo como se ele só pensasse em sexo, mais comigo ele é tão carinhoso e depois do que ele me disse ontem a noite, eu só consigo ver ele doce e carinhoso pelo menos comigo
-- por que você esta sorrindo assim princesa – ah, eu vou morrer se ele ficar sussurrando no meu ouvido com essa voz, e que droga, por que eu to sorrindo feito uma boba apaixonada? (invasão autora povs: que que eu fale mesmo?), não, eu não quero ouvir isso, pelo menos ainda não
-- hum por nada – eu falei, argh eu devo ta vermelha
-- então por que você ta corada? – não disse
-- tenho mesmo que falar? – ele assentiu – você
-- Oque tem eu? – oh menino lento
-- é por que eu tava pensando no que você me disse ontem – ele sorriu e me beijou
-- fico feliz em saber que eu sou o motivo desse sorriso tão lindo – ele disse se vangloriando, e ele estava com um sorriso convencido
-- hey não fique se achando não entendeu? Não gosto de caras que são exibidos
-- aria eu não sou exibido, mais é realmente bom saber que eu sou o motivo do do seu sorriso, por que assim eu não fico sem graça de fala que você também é o motivo do meu – MERLIN, EU VOU MORRER AGORA MESMO, PELO AMOR DE MERLIN, owwwwt  meu príncipe é tão mais tão fofo que chega a parecer gay, mais eu garanto que ele não é gay nunca no universo
-- hum, agora quem ta sem graça sou eu
-- sim, você ta vermelha – ele colocou a mão direita na minha bochecha e a acariciou e me puxou mais pra ele com o braço esquerdo – mais continua linha princesa
Ficamos conversando com o casal zerrie, sim eu dei um nome para eles, e pra se vingar a perrie deu um nome pra mim e pro Harry adivinha qual é? Se você disse haria você acertou na mosca, mais pra quem errou, sinto muito, voltamos para a sala comunal da grifinoria e lá encontramos as três vadias que estavam e já estavam de uniforme (1) lendo semanário das bruxas, e na capa estávamos eu e Harry, OPA PERA AI
-- Taylor me empresta essa revista – eu pergunto já tirando a revista de suas mãos, e sim era eu mesma na capa – por que nós estamos na capa disso, e como conseguiram essa foto nossa? – (foto da capa) e foi tirada no dia em que chegamos a hogwarts, quando estávamos na estação, foi até quando a Britney e a perrie brigaram, rsrsrs, eu ainda riu com aquela cena
-- oque deixa eu ver – disse Harry vindo para o meu lado e vendo a revista – encontramos Harry styles e aria potter na estação kings cross, o novo casal foi visto assim que desceram do expresso hogwarts, mais será que eles estão juntos ou é apenas uma amizade colorida? – ele falou e olhou pra mim – ah aria aqui diz uma coisa do seu pai – ele falou e me mostrou onde estava
-- depois da morte de alvo, sirius e lilian, aria foi a ultima herdeira da família potter – eu li e Harry me abraçou – ótimo a única coisa que eu sei da meu pai é que ele tinha dois irmãos e que eles estão mortos – eu falei chorando, por mais que eu saiba que meu pai está vivo, eu preciso que eles pensem que ele está morto
-- oh aria vem cá – ele me abraçou e deu um beijo na minha testa – vem vamos sair daqui, perrie você fala para o professor que agente vai se atrasar? – ela assentiu e me levou para seu quarto, assim que entramos, ele me sentou na cama dele e se sentou do meu lado me abraçando e ficamos assim por minutos, mais pareceram horas, ele me deitou e se deitou do meu lado, eu não sei por que, mais quando eu estou com ele, parece que essa dor de não ter meu pai comigo ameniza, ela não desaparece mais ela fica mais fraca, eu não quero perder ele também, eu já perdi o meu pai, não do jeito que eu pensei ter perdido, mais o perdi mesmo assim e eu sei que faz MUITO pouco tempo que eu conheci o Harry, mais eu já me sinto tão próxima a ele.
-- me promete que não vai me deixa, nunca – eu pedi pra ele quase que implorando.
-- por que isso aria? – ele perguntou assustado
-- só me promete – ele sorriu e me beijou, me deitei e ele voltou a deitar ao meu lado
-- eu prometo princesa, eu nunca vou te deixa, vou ficar com você para todo o sempre – ele me deitou de lado, enquanto me abraçava, e fazia carinhos com o nariz em meu pescoço (foto da capa), isso era tão bom, sabe só de saber que ele esta comigo assim eu já me sinto melhor – você e eu...
-- pra sempre?
-- pra sempre

=
Depois do meu surto de falta de carinho, eu e o Harry dormimos, e eu tive um sonho muito estranho, quer dizer não era um sonho e sim uma lembrança, mais também um sonho, de quando eu tinha treze anos e fui para o brasil, para o velório do meu avô foi mais o menos assim
Flashback on
Acabei de sair do cemitério, depois do enterro do meu avô, com a minha mae e com a minha avó, elas estavam péssimas eu tentava ser forte, pela minha mae sabe? Ela inda sofre pela morte do meu pai e eu não quero, eu não quero ela se sinta assim pra sempre, bom assim que chegamos em casa eu encontro minha melhor amiga daqui do brasil, Eloíza, ela sempre ficou do meu lado quando eu precisei, e quando eu vinha para o brasil, eu amo muito essa maluca
-- oi aria e ai como foi lá?
-- deprimente Elo – eu disse ela me abraçou e eu chorei, muito na verdade, já que minha mae tinha saído, mais eu ficava querendo parar o tempo inteiro
-- você sabe que não precisa ser forte o tempo inteiro, principalmente comigo – flashback off
Sonho on
eu assenti e chorei como tinha chorado em toda a minha vida
 mais a minha amiga não estava mais me abraçando era o meu pai   
-- me salve aria – ele falava, e ia se afastando de mim
-- não pai, por favor não vai de novo – eu corria atrás dele e ele ia sendo puxado e eu ia correndo ou tentava ir em direção a ele mais quando eu ia chegar perto dele, um homem com cara de cobra entrou na minha frente
Sonho off
E eu acordei ofegante, fiquei tão nervosa que eu acordei o Harry com meu pulo.
-- hey ta tudo bem? – ele perguntou me abraçando
-- sim foi só um pesadelo – eu falei e me agarrei nele com toda a minha força – eu sinto falta dele Harry – ele beijou minha cabeça – fica pior a cada dia, eu só quero meu pai de volta – eu já estava chorando feito um bebe de novo
-- aria, se eu pudesse eu faria ele voltar, mais você sabe que eu não posso – eu só chorei mais ainda – h princesa oque eu posso fazer pra tirar essas lagrimas e colocar um sorriso no eu rosto?

-- só me abraça ok? – e ficamos assim até...

Nenhum comentário:

Postar um comentário