quarta-feira, 25 de junho de 2014

Give me love - love witches

Depois da carta que eu li ontem à noite, e do Harry invadindo meu quarto, eu apaguei com o Logan no meu colo, eu tive um sonho estranho, que eu era empurrada da torre de Astronomia, eu ia me esborrachar, e eu estava com medo e não parava de gritar, até faltar pouco para eu cair e me esborrachar no chão, alguém me pega, e me leva para o chão de novo e essa pessoa era meu pai, ele ia falar alguma coisa quando...
-- Aria – nem me mexi, o que a jade quer há essa hora - aria – Vaza poopy, será que se eu repeti isso no pensamento ela vaza, Vaza poopy, Vaza poopy –aria acorda - aaaaa não ta funcionando, sai jade eu quero falar com meu pai      
- ARIA, ACORDA SUA MACACA BRASILEIRA – ela gritou no meu ouvido, e eu dei um pulo, com conseqüência fazendo o Logan pular de cima de mim e ir com tudo pra cima da jade que berrou de novo
-- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, ARIA ME AJUDA, TIRA SEU GATO DO MEU CABELO, AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ME AJUDA SUA MULA MORENA, AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA – eu só ria da cara daquela maluca, que estava sendo arrasada pelo  meu gato
- VAI LOGAN, DA-LHE LOGAN, VAI MEU BEBE, WOO HOO – sim, estava incentivando meu gatinho de estimação lindo e fofo a ferrar uma das minhas melhores amigas rsrsrsrsrsrsrsrs EU SOU MUITO MÁ MUHUHUHUHAHAHAHAHA 

-- PALHAÇA, VOCÊ É MUITO MÁ, SUA BITCH MAL COMIDA, COMO A TAYLOR VADIA DIRIA - depois disso, eu tirei Logan da cara dela mais, não parei de rir ai ela começou a me bater e eu comecei a berrar
--SOCORRO, TEM UMA CRIATURA MALUCA E MUITO FOFA ME ATACANDO SOCORRO, ALGUEM ME AJUDAAAAAAAAAAA - ai quando eu disse isso, Harry e o Niall entraram no meu quarto a riram da cena (eu estava em cima de um ombro de jade, ela mordendo minha coxa e eu batendo nas costas  dela), depois que eles acabaram de rir da nossa desgraça, o Niall puxou a jade a fazendo bater as costas no tronco dele (ela deve ter adorado isso) (invasão jade cute povs: CALA A BOCA SUA MISERAVEL), mas aconteceu a mesma coisa comigo e o Harry, AI QUE DELICIA (invasão jade povs: e você vem falar de mim né? sua mula) O QUE eu admiti que gostei, e deixa eu narrar sua maluca

-- O que vocês estavam fazendo – perguntaram os dois a o mesmo tempo e nos rimos
Começamos a falar juntas e eles não entenderam nada ai chega a perrie com o zayn (huuuuuuuuuum) e ela da um grito
-- CALADOS BANDO DE MAL COMIDOS – boy o que os ingleses têm com coisas mal comidas, NÃO EU NÃO SOU MAL COMIDA, PORRA QUER DIZER O MAISON NUNCA SOUBE TRANSAR BEM, E EU NÃO TRANSO CM NINGUEM A QUASE 3 MESES MAIS, EU NÃO SOU, mano eu to na seca?
             
-- EU NÃO SOU MAL COMIDA CARAMBA- ai meu são Valentim (invasão da autora: sim meu santo é o santo casamenteiro, só pra ver se eu arrumo alguém que presta por que né ta difícil) pelo amor que eu tenho a o santo chocolate FALA QUE EU NÃO DISSE ISSO
-- Kkkkkkkkkkkkk hahahahahaha ushashaushaushuashuashuashua – isso são os vadios rindo da minha pessoa, BANDO DE VIADOS GAYS E RETARDADAS
- VOLTANDO, A O PORQUÊ DA MALUCA VULGA JADE ME ACORDA – eu berrei e ela falou
-- Você arruma nosso uniforme, ele é horrível e você é muito boa em customizar roupas então, AJEITA A NOSSA – ela a perrie a leigh e a jess que eu não sei de onde surgiram as quatro fizeram biquinho e eu
-- Claro, mas é esse que vocês estão usando – perguntei, elas fizeram que sim - eu tenho muito trabalho – elas riram e tiraram a capa iam começar a tirar as blusas ai
- EI OS MENINOS AINDA TÃO AQUI – eu apontei pros garotos que estavam curtindo o filme
-- AH DEIXA AGENTE FICAR - berrou o escandaloso do louis
-- NÃO, agora FORA – disse leigh e todas empurramos os meninos até eles saírem do meu quarto, agora eu vou começar a minha mágica.
-- Ok assistentes peguem as tesouras, fitas métricas e todas as suas roupas relacionadas à grifinoria corvinal e lufa-lufa, e coisas vermelhas, amarelas, azuis, brancas e pretas, vão que eu estou esperando – elas continuaram paradas –VÃO SUAS VACAS – elas foram correndo enquanto eu fui colocar a comida dom Logan, e achei um iphone no chão, quando eu peguei a tela iluminou e mostrou uma foto do Harry de uma mulher que parecia a mãe dele uma menina que e de uma gata deve ser a dusty, de pijama mesmo eu fui pra sala comunal (da grifinoria) entregar a ele, fui descendo a escada quando cheguei juro que quase pirei, me deixa explicar, o Harry o liam o zayn o Louis e o Niall SEM CAMISA, com as vadias da sonserina vulgo Taylor e Caroline (1) ericka ( que esta loira agora) e Britney (2)  tirando as medidas deles pra que eu não sei OK, EU TO COM CIUMES, POR QUE TEM UMA LOIRA COM CORPO DE TABUA, PASSANDO AS MÃOS PEGAJOSAS NO HARRY  eu sei que eles já namoraram e tudo, MAIS ela já teve a vez dela com ele, AGORA ELE É MEU
Depois do meu surto mental, notei que estava parada e eles perceberam minha presença e me olhavam como se pensassem assim (por que essa doida ta parada só de pijama) ai finalmente o Niall falou
-- Hey little aria, o que ta fazendo aqui? – sim, o Niall me chama de little aria pra se vingar por que eu o chamo de nini rsrs, a jade quase me mata por que eu sou muito próxima dele, NÃO desse jeito ele é meu melhor amigo o que é ótimo, já que eu nunca tive um amigo homem que nunca flertou comigo (sim ele virou meu melhor amigo desde ontem... o que? Eu sou muito sociável ok).
- Eu achei o iphone do Harry e vim devolver – eu disse mostrando o celular pra eles, Harry afastou Taylor, que ficou com cara de poucos amigos e veio até mim, e pegou o celular
-- Você ainda não se trocou – falou, por que há alguns minutos ele estava no meu quarto, me impedindo de matar a jade
-- Não, eu estou esperando as meninas – eu disse e Ele me abraçou e eu perguntei como um sussurro – por que esta me abraçando? - ele riu
- Por que, você está com ciúmes da Taylor – ele sussurrou de volta, eu me soltei um pouco, mas ele continuou com as mãos na minha cintura e eu no seu pescoço
-- Eu não estou com ciúmes – agora eu disse com a voz normal, e eu acho que o resto das pessoas (vadias e os meninos)  estavam ouvindo, mas não tava nem ai – por que elas estão tirando essas medidas de vocês? – perguntei pra o garoto de cabelos cacheados que estava me aproximando mais dele
-- Estão tirando as medidas pra nossas roupas de quadribol – ele disse enquanto passava o nariz pelo meu pescoço JESUS QUE ISSO, HARRY AGENTE ESTA EM PUBLICO, MAIS QUEM DISSE QUE EU LIGO, já transei com o Mason, no banheiro químico de um show que agente foi, se não me engano era do... eu nem lembro.
-- O que é isso – eu me arrepiei por que olha só minha situação (o Harry me segurando contra ele e passando o nariz no meu pescoço e ainda fala sussurrando, sabe que eu até tinha esquecido que agente estava na sala).
-- Um jogo que eu vou te mostrar mais tarde – assenti, e Ele me abraçou mais forte e me soltou e falou – vem comigo – e foi me puxando pro seu  (quarto) PELO AMOR QUE EU TENHO A O LOGAN  COISA BOA NÃO SAI DAÍ ou talvez sim.
-- O que estamos fazendo aqui - perguntei pra ele que agora estava me abraçando e andando pra trás comigo junto (se lembrem de que ele está sem camisa e eu de pijama) sinto ele me deitando na sua cama e ele foi pra cima de mim
-- Não sei você, mais sinto falta da sua boca – ele sussurra olhando pra mim e beija  meu nariz
- Como eu vou sentir falta da minha própria boca? – ele me encarou e eu disse – essa foi podre
-- Foi sim, mais fica quietinha vai por que eu to com saudade da sua boca – ele volta a sussurrar- o que será que os meninos devem estar pensando – fiz cara de desentendida – eu, você, meu quarto – com isso nos rimos muito e ele parou e depois, eu parei no encaramos e eu percebi a situação (eu deitada na cama dele e ele em cima de mim segurando minhas mãos dos lados da minha cabeça a poucos centímetros da minha boca) que veado,  vai ficar na provocação é seu mané
-- Aposto que estão pensando que estamos fazendo coisas – eu disse – ei você não disse que estava com saudade da minha boca – ele assentiu –acabei de descobri que minha boca sente falta da sua – ele riu – você me deixa eu matar a saudade? – eu pergunto com uma carinha de anjo
-- Nem precisa perguntar- com isso ele mesmo me beija, foi como um grande selinho e realmente eu sentia falta daqueles lábios nos meus, ele começou a querer aprofundar pedindo passagem pra língua e eu cedi rapidamente, começamos um beijo meio super desesperado ele leva suas mãos pra minha cintura e eu levei as minhas para seus lindos e maravilhosos cachinhos os bagunçando por inteiros, ficamos assim por uns segundos por que essa merda de oxigênio  é necessário pra ele por que eu agüento ficar 2 minutos sem respirar nunca pensei que falaria isso, mas VALEU MAE (ela me colocou numa aula de nado sincronizado), mas voltando a o beijo  nos paramos ofegantes e nos encaramos
-- você beija muito bem sabia – ele diz quebrando o silencio e eu ri de leve
-- acho que você também, mas eu preciso ter certeza ent... - ele me interrompeu com seus lábios no meu pescoço subindo pra minha mandíbula, queixo até minha boca, assim continuado nosso beijo sem língua só pra sentir os lábios um do outro.
Então ficamos muito tempo assim até que ele interrompeu de novo pra respirar e voltamos a beijar com mais fôlego e de língua e mais hot, ele tirou as mãos da minha cintura e as levou pela lateral do meu corpo e subiu e desceu até a barra da minha da minha blusa, e começou a levantar até tirá-la totalmente e eu comecei a empurrar a calça dele o deixado  só de cueca Box vermelha e ele tirou minha calça de pijama me deixando de lingerie preta, ele para de me beijar me olha por completo e diz
-- Sabia que eu amo lingerie com renda ainda mais quando é preta – ele disse fazendo uma cara sexy pra caramba, e foi em direção a meu pescoço e dando leves beijos, e eu suspiro alto fazendo ele rir contra meu pescoço me arrepiando ele tira o rosto de lá
-- Você quer que eu continue baby?- ele pergunta me olhando nos olhos e empurrando mais o corpo no meu eu senti uma coisinha enorme no meio das suas pernas que estava de encontro com minha coxa
-- ahh – gemi só de sentir a styleconda e parece que o curly percebeu por que empurrou mais em mim ELE QUER ME MATAR ele começou a beijar meu pescoço e pra provocar mais, começou a procurar o feche do meu sutiã até que.... do nada ele parou e foi pra trás de mim
-- que tatuagem é essa – ele perguntou quando voltou a deitar em cima de mim, ARIA SUA IDIOTA COMO É QUE TU NÃO LEMBROU QUE TINHA ESSA PORRA NAS COSTAS
-- ah é...
-- ARIA CADE VOCE SUA VACA – era a jesy gritando e eu o empurrei com tudo de cima de mim
-- Afff eu esqueci que ia customizar o uniforme das meninas – eu disse e ele riu e me ajudou a levantar – eu não quero ir  - digo fazendo bico, Harry ri e vem até mim colando nossos corpos semi-nus e dando um selinho no meu bico
-- eu também, mais vai se veste antes que as meninas batam aqui e vejam agente assim – ele fala rindo e me ajudando a procurar minha blusa achei minhas roupas e coloquei espiei na porta se tinha alguém e não tinha ninguém, virei e de um selinho no hazza
-- depois você vai me falar dessa tatuagem sobre, ok?- eu assenti e fui pro meu quarto e lá dentro achei as meninas e começamos a customizar as roupas e depois de muito cortar costurar e de eu ficar pensando assim, MEU DEUS EU QUASE TRANSEI COM O HARRY ,mais deixando isso de lado eu primeiro eu acabei da jesy e da leigh-anne (3) que ficaram lindos nelas e então a perrie e a jade me ajudaram a terminar os delas até que não ficou tão mal, já que eu fiz tudo em cima da hora (4) elas saíram (vulgo, eu as expulsei) pra fazer o cabelo e a maquiagem e eu me arrumei (5) e eu adorei mais eu notei que meu casaco era igual da Taylor HÁ não curti mais ficou melhor em mim, ( eu me acho bem pouco né)  eu estava descendo.
Quando eu desci com as meninas encontramos na sala comunal da grifinoria e todos os meninos e as meninas estavam vestidos assim, bem sem graça (6), hahaha eu sou um gênio, eu devia desenhar para a grif da minha mãe, mais ai quando todos viram o que eu e as meninas vestíamos FUDEU, ai já viu né, todas às meninas da grifinoria foram pra cima de mim e das meninas, perguntando como agente fez isso
-- foi a aria que fez pra nos 4 - disse minha linda leigh-anne rsrs vou matá-la, por que todas as meninas foram para cima de mim pedindo pra eu fazer pra elas também e eu fui andando pra traz até bater em uma porta virei pra ver e notei que conhecia essa porta, sem nem bater eu entro e me deparo com a cena MUITO linda, o harry penteando cabelo do louis que estava alizando o kevin e a dusty estava no colo do harry em sono profundo e os dois sem camisa (quem visse essa cena ia pensar que eles eram gays, mano eles tem uma amizade TÃO linda, que da inveja)EU JA DISSE QUE EU AMO ESTUDAR AQUI, não? Então EU AMO ESTUDAR EM HOGWARTS
-- o que está fazendo aqui aria? - perguntou louis e o harry que não tinha me visto ainda, levantou na hora fazendo a dusty polar do seu colo e ir pra cima do kevin que começou a voar e o louis foi pegar o pombo que veio em minha direção, ai eu abaixei e ele saiu do quarto do harry e eu peguei a dusty antes que ela saísse do quarto e fechei a porta
-- vocês britânicos, tem mania de andar sem camisa né?- eu perguntei colocando a gata dele na cama dela e fui sentar na cama dele de frente pra ele
-- você não é britânica?
-- não, sou do Brasil, agora responde por que vocês gostam de ficar sem camisa.   
-- vai dizer que não gosta - ele pergunta com sua linda voz rouca e vinha pra mais perto de mim
-- se alguma garota disser que não gosta, ela vai estar a mentir com toda certeza - falei e já estávamos bem perto, o pior é que eu não sei se ele só estava tentando ir pra cama comigo, como a pezz disse ou realmente querer ficar comigo e eu não quero me iludir de novo, EI AUTORA, EU SOU BIPOLAR? (invasão autora povs: que eu me lembre não) valeu
-- e você gosta sim ou não?- ele pergunta bem junto da minha boca, ai senhor amado me segura Jesus me segura pra eu pular em cima dele... quer dizer ai que se foda
-- sim eu adoro mais, eu só vi você e os meninos - eu falo mais, como eu sou mais solta do que devia, eu dei um impulso pra sentar no colo dele que sorriu
-- você adora provocar né a marrentinha - ele disse e começa a beijar meu pescoço QUE MERDA MEU PONTO FRACO                                                                                   
-- como se você... Não fizesse... O mesmo - ele riu por que eu falei pausando, ME EXPLICA COMO ESSE DOIDO SABE QUE MEU PONTO FRACO É O PESCOÇO, QUE MERDA NEM O MASON SABIA -aah- porra por que eu gemi? Meu deus eu estou conversando com meu Psicológico, que é muito problemático comigo, quando eu sei lá estou sentada no colo de um deus grego que não para de beijar cantos diferentes do meu corpo (clavícula, pescoço, ombro, mandíbula, bochecha e testa) mais nunca encontrava à minha boca ISSO É MUITO PUTARIA 
-- por que eu tenho a sensação de que você esta adorando isso aqui?- ele disse provavelmente se referindo a como estamos agora... PERA AI só agora eu fui perceber que estávamos deitados mais, eu tava em cima dele e CADE MINHA BLUSA é bom que ele não tenha rasado levei muito tempo pra fazer ela
-- para ser sincera sim eu estou adorando - ele sorri e começamos a nos beijar bem rápido, mais como tem gente (Harry) que não vivi sem minha pessoa, ele se sentou e me sentou em seu colo e beijou meu pescoço e foi pra os meus ombros... PERA AI
-- voce ainda não me falou dessa tatuagem – ele falou entre beijos que ele me dava no ombro
-- serio que voce quer saber? – ele assentiu – agora?
-- sim fala logo – ele falou e me deu um selinho
-- são três pássaros não é? – ele assentiu – meu pai me chamava de little bird, por que eu adorava vê os pássaros voarem quando nasci, e tinha um móbile no meu berço com três pássaros um pequeno que seria eu e dois grandes que seriam meus pais – ele continuava me ouvindo – eu fiz ela quando teve o aniversário da morte dele no ano passado – eu sei que eu devia falar que ele ta vivo, eu não sei por que mais, eu sinto que posso confiar no Harry
-- sinto muito linda – ele me beijou de novo e foi me deitando na cama 
-- ARIA- perrie me faz um favor CALA A BOCA
-- não responde - harry sussurra
-- claro que eu não vou responder - ele sorri de novo e voltamos a beijar por um bom tempo até que começam a bater (esmurrar) na porta
-- HAROLD ABRE ESSA PORCARIA DE PORTA- era o Louis, cara será que eu não posso nem dar uns amassos no harry que vem alguém interromper? QUE MERDA - EU NAO LIGO SE VOCE E A ARIA ESTAO PELADOS OU TRANSANDO ENTAO ABRE ESSA PORRA LOGO -o boo bear berrou e eu acho que toda hogwarts ouviu
-- como ele sabe que eu ainda estou aqui - eu perguntei saindo de cima dele e vestindo minha blusa e indo até a porta abrindo a mesma em seguida e vejo louis,liam,zayn,niall,jade,leigh-anne,jesy e perrie me encarando – o que foi? -pergunto com a maior cara de anjo
-- sei la você some, e agente te encontra no quarto do harry toda descabela e como batom todo borrado e você ainda pergunta oque foi - fala a poopy tentando arrumar meu cabelo mais, para quando sinto alguém (harry) atrás de mim
-- não aconteceu nada de mais - fala ele me abraçando por traz e se encostando a meu ombro
-- por culpa de vocês - Harry fala e todos nos rimos - olha só é a terceira vez que alguém interrompe e... -ele não consegue terminar de fala
-- COMO ASSIM TERCEIRA VEZ- todos gritam - e como você não fala isso pra agente sua mula - as meninas completam e eu ri mais 
-- mais respondam do por quer vocês quase arrombam minha porta? –perguntou Harry
- sim, a aula vai começar - disse o liam nosso daddy falou e harry entrou no (quarto) dele e pegou as vestes dele ( que era só a camisa com o símbolo da grifinoria com as mangas dobradas até o cotovelo a do liam do boo bear do nini e do zaza também estavam assim) ele saio, e começamos a andar pra fora da torre da grifinoria, e quando estávamos no corredor todos os alunos começaram a olhar pra mim e pro harry
-- por que estão olhando pra nos dois? - eu pergunto pra ele com um sussurro 
-por que você era filha de um dos Homens mais importantes do ministério da magia, do nosso mundo e de hogwarts seu avô matou o pior bruxo de todos  - ele fala e ai eu percebo o quanto meu pai era importante sinto tanto a falta dele e, lembrei que meu pai escreveu, que o bruxo não estava morto  - e se você não notou olha como estamos - ai eu notei que ele estava com o braço ao meu redor com a Mao na minha cintura - e você ainda está com o batom todo borrado rsrs- ai eu comecei a limpar o redor da minha boca e olhei pra ele que estava rindo
-- você esta com a boca toda laranjada, por que se você não lembra sua boca estava quase me engolindo faz mais o menos 15 minutos - ele riu e começou a tentar tirar as marcas que meu batom deixou - para deixa que eu tiro - viro de frente pra ele, e começo a limpar o redor e a boca dele e o safado se abaixou e me deu um selinho
-- Harry fica quieto, eu ‘to tentando tirar o batom da sua boca - nos começamos a rir e percebemos que o todos os alunos estavam indo para as salas e eu fui andando para a sala de aula e eu preciso fazer uma pergunta que esta presa na minha garganta
-- é verdade que meu pai era tão importante assim? – não sei por que mais, com o Harry, eu sinto que posso falar do meu pai sem chorar
-- você não se lembra dele?

-- não muito, eu era bem nova quando ele morreu – sei que estou mentindo, e eu odeio mentir, mais meu pai, me pediu e se é pra telo de volta eu minto o quanto ele pedir pelo meu pai eu faço tudo.
- pelo que eu sei seu pai era membro do time de quadribol mais não me lembro o nome e ele era um auroro muito respeitado
-- eu não sabia disso – porra vou chorar, eu sinto falta dele
-- hey não chora – ele me abraçou e eu engoli o choro 
-- minha mãe sempre disse que ele era importante, mais não falamos muito nele por que uma de nos duas acabaria chorando
-- não chora ok, por favor – eu assenti
Eu notei que os corredores estavam vazios e puxei harry para a sala quando chegamos lá.................




Nenhum comentário:

Postar um comentário